Dicas de Gestão

5 dicas para melhorar a performance da sua equipa com dashboards

5 dicas para melhorar a performance da sua equipa com dashboards

Os dashboards são ferramentas cada vez mais importantes no mundo dos negócios. Um dashboard permite uma análise rápida e eficaz sobre o estado do negócio, permitindo uma grande poupança de tempo e uma maior assertividade na tomada de decisão. Contudo, nem sempre é fácil criar dashboards eficazes, pois os dados são tantos que se torna difícil transformá-los em informação. No artigo de hoje, deixamos-lhe 5 dicas para melhorar a performance da sua equipa com dashboards!

Selecione apenas informação pertinente

Neste campo, é preciso ter cuidado para não ter um dashboard demasiado “completo”, ou seja, com informação que não é relevante para a sua tomada de decisão. Isso só vai criar ruído visual e complicar a sua análise. Deve criar um dashboard de fácil leitura e apenas com os dados que realmente importam para si. Se conseguir criar um dashboard com informação útil e atual, será muito mais fácil saber que decisões deve tomar.

Crie um dashboard analítico

Este painel oferece informações detalhadas e utiliza-se para definir tendências em relação aos objetivos corporativos. Este painel permite que seja possível perceber os resultados de ações internas, bem como reações do público externo relativamente a campanhas. Um bom exemplo deste tipo de dashboard é o Google Analytics.

Atenção ao dashboard de ações do dia-a-dia

Este painel é utilizado pelas equipas de trabalho e foca-se nos processos que cada equipa necessita para desempenhar as suas funções. Os dados que constam deste painel visam identificar pontos críticos da operação, auxiliando a sua correção. Facilitam ainda a comunicação entre todos os membros de uma mesma equipa. É um dashboard que varia conforme o departamento da empresa e as atividades a realizar em cada dia.

Definição de alertas de negócio

Os gestores nem sempre conseguem identificar desvios nas rotinas de trabalho em tempo útil, o que compromete a produtividade do negócio. O dashboard vai juntar o histórico das operações da empresa e pode definir padrões para detetar desvios e anomalias em tempo real. Ao utilizar o Multipeers, o sistema é capaz de perceber que algo não está bem e de alertá-lo de imediato para que possa agir antes de se tornar um problema sério.

A análise dos dados não pode faltar

O dashboard analítico oferece informações detalhadas e utiliza-se para definir tendências em relação aos objetivos corporativos. Este painel permite que seja possível perceber os resultados de ações internas, bem como reações do público externo relativamente a campanhas. Um bom exemplo deste tipo de dashboard é o Google Analytics.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *