O impacto da Internet das Coisas no mundo empresarial

O impacto da Internet das Coisas no mundo empresarial

Posted 1 CommentPosted in Tecnologia e Gestão

Perceba como a Internet das Coisas influencia o mundo empresarial

A Internet das Coisas tem o poder de alterar o modo como vivemos e a forma como trabalhamos. Hoje em dia, o custo de aceder à Internet é muito baixo quando comparado com o início da era da tecnologia. Os dispositivos móveis têm cada vez mais adeptos e mais dispositivos são criados com capacidade de conexão à rede e wi-fi embutidos. Todas estas condições criam o cenário ideal para a Internet das Coisas e para a sua ação no mundo empresarial.

De modo muito simplificado, a Internet das Coisas tem como objetivo conectar qualquer dispositivo à Internet. Segundo o Gartner, até ao ano 2020 haverá mais de 26 biliões de dispositivos conectados à rede. A nível doméstico, este conceito visa facilitar a vida das pessoas, mas a sua aplicação também terá impacto no mundo dos negócios.

Marketing em tempo real

Com a Internet das Coisas é possível recolher dados sobre os consumidores em tempo real, antecipando as suas necessidades e criando estratégias e campanhas que as satisfaçam. A recolha de dados em tempo real é bastante mais eficaz do que estudos de mercado exaustivos e muda toda a forma de trabalhar no mundo empresarial.

Manutenção do equipamento

A Internet das Coisas pode ser usada para transmitir informação sobre o desgaste dos equipamentos de uma empresa, ajudando assim nas questões de manutenção. É possível também reconhecer falhas logo no início dos processos produtivos, o que permite que o problema seja reparado de imediato, prevenindo complicações mais sérias no futuro.

Logística

A conexão dos equipamentos de logística com a Internet das Coisas contribui para que as empresas aumentem a sua eficiência no atendimento ao cliente, além de que é possível também fazer entregas mais rapidamente e aumentar assim a satisfação do cliente.

Aplicação no Data Center

Nas indústrias, a Internet das Coisas revela-se muito útil pois é possível medir a temperatura e os níveis de humidade. Os sensores são integrados com ferramentas de monitorização de redes e sistemas e, caso os valores estipulados sejam ultrapassados são gerados alertas para a tomada de ações corretivas.

Maior cuidado com a segurança

As empresas precisam de garantir que as informações partilhadas entre os dispositivos conectados à rede se mantenham seguras e com tantos aparelhos ligados em simultâneo, a necessidade de segurança é ainda maior do que antes. As empresas precisarão assim de encontrar profissionais capazes de garantir esta segurança, o que resultará numa gestão mais eficaz e numa maior proteção de toda a informação.

As aplicações da Internet das Coisas são infinitas e todos os dias novas descobertas são feitas nesta área. O mundo está a mudar e as empresas precisam de mudar com ele para não ficaram ultrapassadas.

Saiba como criar métricas relevantes para o seu negócio

Saiba como criar métricas relevantes para o seu negócio

Posted Leave a commentPosted in Definição de métricas de negócio

Como criar métricas relevantes para o seu negócio?

Para que uma empresa consiga obter sucesso e resultados positivos, é fundamental que se definam as métricas mais importantes que nos permitam avaliar a rentabilidade e produtividade do negócio. Hoje em dia, com a possibilidade de termos dados em tempo real, é mais fácil termos acesso à informação. Mas será que sabe como criar métricas relevantes para o seu negócio? Neste artigo, deixamos-lhe algumas dicas!

Agrupar os dados: com soluções como o Multipeers, é possível agregar todos os dados da empresa num mesmo local, apresentando-os de forma simples e apelativa. Deste modo, o tempo gasto a procurar a informação é mais reduzido e as decisões tomadas são mais conscientes e fundamentadas.

Tornar os dados importantes: os dados recolhidos têm que ter um fundamento e um objetivo, caso contrário perdem toda a sua importância. Assim, é fundamental que na hora de recolher dados já saibamos o que pretendemos analisar com eles.

Criar a própria definição de sucesso: cada departamento deve definir com clareza em que ponto é que atingem o nível de sucesso, tendo em conta que devem ser realistas pois se colocarem valores demasiado irreais, o nível de frustração poderá ser maior. As métricas que analisam em cada departamento devem estar de acordo com esta definição de sucesso.

Cada negócio tem as suas especificidades, mas existem métricas que devem ser sempre analisadas, pois dão-nos uma boa visão sobre o estado atual da empresa. Cada negócio é único mas existem sempre métricas que são abrangentes a todas as áreas de negócio.

Destacamos a taxa de conversão que é a contabilização de quantas conversões foram feitas em relação ao tráfego total que o site da empresa teve e o custo de aquisição de cada cliente é a soma do total gasto com marketing e vendas a dividir pelo número total de clientes.