7 dicas para reduzir os custos de TI

7 dicas para reduzir os custos de TI

Posted Leave a commentPosted in Tecnologia e Gestão

As tecnologias da informação são essenciais para as empresas que querem garantir uma boa rotina operacional. As empresas estão cada vez mais informatizadas e vivemos num meio cada vez mais tecnológico. Assim sendo, é imperativo investir em tecnologias de informação. No entanto, muitos gestores consideram que estes investimentos são muito elevados e esta mentalidade acaba por tornar as empresas obsoletas. No artigo de hoje, apresentamos 7 dicas para reduzir os custos de TI, mantendo toda a eficiência organizacional!

Elimine as licenças de software que não usa

As licenças de software normalmente são caras e muitas vezes as empresas pagam por softwares que não utilizam. Assim, aconselha-se a que regularmente se faça uma revisão de todas as licenças de software que a empresa paga e se analise a sua real importância para o negócio. Não vale a pena pagar por um software que nunca é utilizado!

Forme os colaboradores

Muitas vezes, as empresas cometem o erro de não formarem devidamente os colaboradores para utilizarem um determinado software. Isso vai fazer com que as pessoas errem repetidas vezes e que a empresa incorra em custos supérfluos. Formar a equipa de trabalho para que esta utilize devidamente as ferramentas tecnológicas garante uma maior eficiência dos processos, aumenta a produtividade e reduz consideravelmente os custos de TI.

A automatização é o caminho

Muitas tarefas na área das tecnologias da informação são bastante repetitivas. Automatizar os processos é uma forma de reduzir os custos de TI, visto que não é necessário destacar um colaborador para estar exclusivamente dedicado a tarefas monótonas. A automatização reduz o tempo que as tarefas levam a ser executadas e diminui a probabilidade de erro humano.

Armazenamento na Cloud

A Cloud veio para ficar e é muito útil para reduzir custos de TI relacionados com o armazenamento dos dados. Transferir toda a infraestrutura de TI para a nuvem é uma forma de reduzir custos e aumentar a segurança da informação da empresa. Além disso, utilizando este método de armazenamento, o gestor pode aceder à informação a partir de qualquer lugar do Mundo e desde qualquer dispositivo.

Privilegie o SaaS

Utilizar software as a servisse pode mudar toda a sua área de TI. O SaaS é uma solução segura, simples e gerida à distância. Custos de manutenção de equipamento são assim eliminados, pois o fornecedor do serviço é o responsável por essa manutenção. Utilizar o software desta forma é uma das tendências do futuro e é já utilizada por muitas empresas.

Use menos servidores

Muitas empresas utilizam vários servidores, todos com baixo desempenho individual e custos elevados. Para minimizar este problema, aconselha-se que esses servidores sejam substituídos por outros mais potentes e que concentrem todos os processos. Muitas vezes, as empresas usam 5 servidores e se utilizassem apenas um teriam custos mais reduzidos e melhores resultados.

Utilize a videoconferência

Esta é uma das formas mais fáceis de reduzir custos de TI. As reuniões podem ser realizadas com recurso à tecnologia da videoconferência pois assim reduzem-se custos com viagens, alojamento e alimentação. Além disso, por norma as reuniões por videoconferência têm uma duração menor, o que liberta os colaboradores para desempenharem as suas funções e, consequentemente, a produtividade da empresa aumenta.

A importância da tecnologia na gestão de equipas

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Gerir uma equipa e conseguir que haja uma comunicação eficaz entre todos os membros não é uma tarefa fácil. A tecnologia tem um papel muito importante nesta área, visto que ajuda a reduzir o ruído da comunicação, estimula a boa comunicação entre todos e reduz custos. No artigo de hoje vamos abordar a importância da tecnologia na gestão de equipas!

De que forma a tecnologia melhora a gestão de equipas?

O uso da tecnologia adequada permite que os colaboradores se mantenham produtivos e conectados durante todo o dia. As ferramentas adequadas ajudam a definir prioridades e acompanhar tarefas, bem como a gerir as relações dentro da equipa, evitando conflitos e minimizando erros de comunicação. Com recurso a programas informáticos e aplicações, os gestores são capazes de comunicar mais facilmente a sua estratégia e objetivos e de definir KPI’s para os colaboradores.

Existem várias ferramentas que ajudam os gestores a comunicar mais eficazmente com a sua equipa. Vamos conhecer o nosso top 4!

Ferramentas de mensagens instantâneas

Ferramentas como o Skype e o Whatsapp são muito importantes para que os membros de uma equipa se mantenham contactáveis e para que comuniquem entre si. Apesar destas aplicações serem utilizadas para fins profissionais, também são importantes para criar coesão e ligação entre o grupo, facilitando a gestão de equipas.

Videoconferência

Esta ferramenta é muito útil para reuniões de grupo e permite que mesmo os elementos da equipa que estão longe participem na reunião. O gestor pode partilhar apresentações e relatórios com todos os participantes. Além disso, a videoconferência ajuda a reduzir custos em viagens e alojamentos e contribui para a redução da perda de produtividade quando algum colaborador viaja.

Cloud

O armazenamento na Cloud já é encarado como uma estratégia competitiva que responde às necessidades das pequenas, médias e grandes empresas. Empresas como Google e Microsoft disponibilizam servidores onde os arquivos são armazenados da mesma forma se armazenam num computador ou dispositivo móvel. Os ficheiros ficam armazenados a kilómetros de distâncias, mas através da Internet, por meio de um login e password, pode conectar-se à sua conta e aceder a todos os seus arquivos. Isto facilita a partilha de documentos por todos os membros de uma equipa.

Ferramentas BAM, para análise de dados em tempo real

O mundo dos negócios é cada vez mais acelerado e é essencial que um gestor saiba, a cada momento, o que se passa na sua empresa. Analisar relatórios com alguns dias significa ter uma ação reativa aos acontecimentos, o que pode trazer prejuízos para a empresa. Assim, a análise de dados em tempo real é cada vez mais essencial no mundo empresarial. O Multipeers é um sistema BAM que permite analisar o negócio ao minuto, através de uma plataforma onde se encontram todas as informações da empresa, oriundas das diversas fontes de dados. Isto permite uma tomada de decisão mais rápida e altamente efetiva e um profundo conhecimento do trabalho de cada colaborador, facilitando a gestão de equipas.

As principais evoluções tecnológicas de 2017

As principais evoluções tecnológicas de 2017

Posted Leave a commentPosted in Tecnologia e Gestão

No mundo da tecnologia, todos os anos são importantes, pois a evolução neste setor é uma constante e o que hoje é uma novidade, amanhã poderá já estar ultrapassado. O final do ano é sempre uma época de balanços e chegou a hora de analisarmos as principais evoluções tecnológicas de 2017 e o impacto que tiveram no mundo dos negócios!

Inteligência artificial

Quem não conhece a robot Sophia? Este humanóide foi desenvolvido pela empresa Hanson Robotics, de Hong Kong, e é capaz de reproduzir 62 expressões faciais. Foi criada para conseguir aprender, trabalhar e adaptar-se ao comportamento. O facto deste robot ter recebido a cidadania de um país este ano, é um passo muito importante para o mundo da inteligência artificial. O grande objetivo desta nova forma de inteligência é tornar a vida dos colaboradores das empresas mais fáceis, através do desempenho de funções repetitivas e mais burocráticas. 2017 foi um ano muito importante para esta área, sendo uma das principais evoluções tecnológicas, e prevê-se que em 2018 a tendência seja evoluir ainda mais.

Armazenamento e software na Cloud

Já não é novidade que o uso da Cloud tem vindo a crescer nos últimos anos. A maior segurança da informação e a capacidade de aceder aos dados a partir de qualquer dispositivo e de qualquer lugar do Mundo são fatores que levaram as empresas em 2017 a optar por estas soluções. Este foi o ano em que a posição da Cloud ficou vincada no mundo empresarial e, atualmente, já não existe desconfiança perante as soluções na nuvem, mas sim uma necessidade e uma procura crescentes.

Bots

Os bots são sistemas que conseguem simular ações humanas, desempenhado o papel de assistentes virtuais. O grande objetivo da utilização desta tecnologia é tornar a experiência do utilizador mais interessante. Os bots são programados para dar informação sobre produtos e serviços, sem ter que fazer uma pesquisa (bons exemplos disto é a assistente Anna do Ikea e a Siri da Apple). Em 2017, os bots tornaram-se melhores na interpretação da linguagem humana e cada vez mais as empresas optam por utilizar estes pequenos robots, sobretudo nas áreas de serviço pós-venda.

Mobilidade

O presente é móvel e não existem dúvidas quanto a isso. Em 2017 provou-se que a mobilidade tem que fazer parte da vida das empresas. Um estudo recente da IBM revela que passamos 90% do nosso tempo perto do nosso telemóvel. Ao longo deste ano, as empresas de tecnologia ganharam a consciência de que, se pretendem vencer no mundo competitivo de hoje em dia, devem adaptar-se aos dispositivos móveis. Ter um site mobile friendly e softwares que funcionem em telemóveis e tablets é obrigatório para estar sempre um passo à frente da concorrência.

Internet das Coisas

Este ano, o número de dispositivos que envia informação cresceu drasticamente, tornando-se numa das principais evoluções tecnológicas. Estima-se que até 2020 existam entre 20 a 30 biliões de dispositivos conectados. O grande objetivo da Internet das Coisas (IoT) é tornar os objetos mais eficientes. Por exemplo, numa linha de produção, através deste sistema, é possível detetar eventuais problemas em máquinas antes de causarem danos a toda a produção.

 

O mundo da tecnologia avança a um ritmo alucinante e as empresas devem estar a par de todas as novidades para se manterem atualizadas no mercado onde atuam. Compilamos as maiores tendências tecnológicas de 2018 num e-book gratuito! Faça download e saiba tudo o que vai acontecer em termos de tecnologia no ano que está a chegar!

5 novas tecnologias que ajudam as empresas a crescer

5 novas tecnologias que ajudam as empresas a crescer

Posted Leave a commentPosted in Tecnologia e Gestão

As novas tecnologias mudaram a nossa forma de viver e também têm contribuído para a evolução das empresas, sejam elas de pequena ou grande dimensão. Basta pensar na Internet para percebermos a importância que a tecnologia tem tido para os negócios. Certamente que não consegue citar um negócio atualmente que não utilize a Internet. As novas tecnologias, quando são bem aplicadas, conseguem ajudar as empresas a crescer e a evoluir. Neste artigo, apresentamos-lhe 5 novas tecnologias que vão ajudar o seu negócio a crescer!

Big Data

O Big Data define o inúmero volume de dados – estruturados e não estruturados – que têm impacto nos negócios do dia-a-dia. O que importa não é o volume de dados gerado, mas sim o que as empresas fazem com esses dados. O Big Data deve analisado para a obtenção de insights que ajudam as empresas a tomar as melhores decisões para o negócio. Hoje em dia, saber é poder e ter a máxima informação possível sobre o estado do negócio e dos clientes é fundamental para vencer a concorrência.

Cloud Computing

Armazenar informações na nuvem é já uma tendência um pouco por todo o Mundo. Cada vez mais os serviços de armazenamento oferecem melhores condições às empresas e garantem a segurança dos seus dados. Hoje em dia é possível integrar ambientes públicos e privados, dando assim origem à Cloud Híbrida. As empresas cada vez mais visam proteger os seus dados e o armazenamento na nuvem tem sido escolhido por muitos responsáveis de TI pois garantem uma maior proteção à sua informação.

Informação em tempo real

Devido aos sistemas de monitorização do negócio é possível analisar todos os eventos da empresa em tempo real. Cada vez mais é fundamental acompanhar a cada minuto o que se passa no mundo dos negócios pois só assim conseguirá estar um passo à frente da concorrência. Softwares como o Multipeers são cada vez mais uma necessidade no mundo do negócios pois além de permitirem acompanhar o negócio em tempo real, também enviam alertas para o utilizador sempre que acontece algo relevante para o negócio.

Internet das Coisas

De modo muito simplificado, a Internet das Coisas tem como objetivo conectar qualquer dispositivo à Internet. Segundo o Gartner, até ao ano 2020 haverá mais de 26 biliões de dispositivos conectados à rede. A nível doméstico, este conceito visa facilitar a vida das pessoas, mas a sua aplicação também terá impacto no mundo dos negócios. Nas indústrias, por exemplo, a Internet das Coisas revela-se muito útil pois é possível medir a temperatura e os níveis de humidade. Os sensores são integrados com ferramentas de monitorização de redes e sistemas e, caso os valores estipulados sejam ultrapassados são gerados alertas para a tomada de ações corretivas.

Drones

Desde a monitorização de pragas na agricultura até ao levantamento topográfico na indústria mineir, espera-se que o uso dos drones (veículos aéreos não tripulados) cresça bastante nos próximos anos. Devido aos custos elevados, estes aparelhos são utilizados atualmente apenas por grandes empresas, mas a tendência nos próximos tempos é baixarem os custos e assim poderão também ser adotados por pequenos negócios.

7 Vantagens do armazenamento na Cloud

7 Vantagens do armazenamento na Cloud

Posted 1 CommentPosted in Tecnologia e Gestão

O armazenamento na Cloud já é encarado como uma estratégia competitiva que responde às necessidades das pequenas, médias e grandes empresas. Empresas como Google e Microsoft disponibilizam servidores onde os arquivos são armazenados da mesma forma se armazenam num computador ou dispositivo móvel. Os ficheiros ficam armazenados a kilómetros de distâncias, mas através da Internet, por meio de um login e password, pode conectar-se à sua conta e aceder a todos os seus arquivos. Neste artigo apresentamos-lhe as 7 principais vantagens do armazenamento na Cloud!

Flexibilidade

Diversas empresas fornecem soluções flexíveis e de acordo com as necessidades específicas de cada empresas. Deste modo, não existe a necessidade uma empresa comprar mais espaço na Cloud do que aquele que realmente necessita, o que se torna uma vantagem a nível de custos. Se houver necessidade de aumentar o tamanho do armazenamento na Cloud também é possível fazer esse upgrade facilmente.

Segurança

Uma falha no sistema ameaça seriamente a produtividade de uma empresa. Em caso de falha, relatórios importantes podem perder-se e mesmo com uma política de realização de backups frequentes, pode nunca se conseguir recuperar informação imprescindível para a empresa. Ao usar um sistema de armazenamento na nuvem, os dados ficam totalmente seguros mesmo em caso de falhas do sistema. Terá os seus dados sempre disponíveis e atualizados.

Mobilidade

Onde quer que esteja, consegue sempre consultar os seus ficheiros através de um computador ou dispositivo móvel. Já não é necessário transportar discos externos e pens USB para garantir que tem os ficheiros de que necessita quando viaja. A nuvem disponibiliza o acesso universal à computação de máxima potência, permitindo o acesso a servidores de arquivos para qualquer utilizador com um dispositivo com acesso à rede.

Colaboração

O armazenamento dos arquivos na Cloud permite uma partilha mais fácil com todos os colegas, não havendo necessidade de enviar grandes arquivos por e-mail ou passa-los através de pens USB. Como os arquivos estão armazenados na Cloud, cada utilizador pode aceder aos ficheiros e fazer as alterações que quiser, ficando estas automaticamente guardadas.

Sustentabilidade

A sua empresa torna-se mais sustentável e amiga do ambiente com a utilização do armazenamento na nuvem pois vai reduzir o consumo de energia e o número de documentos em papel. Assim, acaba por ter menos gastos com a eletricidade, aumentado as vantagens para a sua empresa.

Maximização dos recursos

O armazenamento na Cloud liberta a equipa de TI para outras tarefas e deixa-a livre dos problemas relacionados com falhas de rede. Armazenar os arquivos na nuvem faz com que não tenha custos com manutenção, atualização e formação de colaboradores.

Backup constante

A nuvem faz o backup automático e de forma constante, sem que tenha de se preocupar com isso. Não correrá mais o risco de perder aquele documento em que esteve a trabalhar durante todo o dia! E não terá mais que se preocupar com clicar no botão “Salvar” de cinco em cinco minutos.

 

Conheça os serviços na Cloud da IT PEERS!