Big Data Analytics: tudo o que precisa de saber sobre este conceito

Big Data Analytics: tudo o que precisa de saber sobre este conceito

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Big Data é um termo cada vez mais usado nas empresas em todo o Mundo e no fundo nada mais é do que a busca constante pela melhoria dos processos de negócio e pela aquisição de insights importantes sobre tendências de mercado e comportamento dos consumidores. Quando uma empresa consegue obter informações valiosas sobre o meio onde se insere, torna-se muito mais fácil tomar decisões acertadas para o futuro dos negócios. No artigo de hoje falamos sobre Big Data Analytics!

Definição

Big Data é o termo que descreve o incomensurável volume de dados (estruturados ou não) que têm impacto nos negócios diariamente. Mais importante do que a quantidade de dados, é o que as empresas podem efetivamente fazer com esses dados. O Big Data encontra-se associado a 3 V’s: volume de dados, variedade de dados e velocidade de dados. Big Data diz respeito a quantidades enormes de dados produzidos pela interação humana com a tecnologia, mais a informação que se gera pela comunicação entre máquinas. A variedade de dados diz respeito às múltiplas fontes de informação com que as empresas lidam diariamente (posts em redes sociais, informações financeiras, informações de marketing, entre muitas outras). A velocidade com que os dados são produzidos é cada vez maior e é preciso que as empresas utilizem ferramentas como o Multipeers, que lhes permitam analisar em tempo real o que se passa no negócio.

Tipos de Big Data

Dados estruturados vs dados não estruturados: os primeiros podem ser utilizados no seu formato original e por norma são organizados em linhas e colunas, como numa folha de Excel. Um exemplo de dados estruturados é a informação financeira de uma empresa organizada numa tabela de Excel. Os dados não estruturados não seguem nenhuma regra nem têm uma estrutura definida e as imagens e publicações em redes sociais são bons exemplos de dados não estruturados.

Vantagens do Big Data Analytics

Analisar o negócio em tempo real

informação cresce a um ritmo muito acelerado, o que torna cada vez mais difícil a sua análise. A solução indicada é analisar os dados em tempo real para tirar o máximo partido da informação. Produtos como o Multipeers permitem analisar a cada segundo o que se está a passar com o negócio. Desta forma, é possível tirar o máximo partido dos dados para tomar as melhores decisões para o negócio. Aliar a grande quantidade de dados gerada nas empresas a uma análise em tempo real permite obter insights essenciais para o sucesso dos negócios.

Melhor recolha dos dados

Os dados surgem dos mais diversos canais e através do Big Data é possível centraliza-los e agrupá-los por afinidades. É possível estar mais perto do cliente através da recolha de dados por meio de questionários, aplicações, cartões de fidelidade, entre outros instrumentos. Os dados recolhidos são essenciais para que se possa fazer um planeamento assertivo das ações de marketing e comunicação.

Maior eficácia do negócio

Mais do que conhecer o mercado, as empresas conseguem, através do Big Data, usar os dados para mudar o negócio e aumentar o retorno sobre o investimento. Usar os conhecimentos das experiências analíticas permite às empresas criar novos indicadores de negócio e analisá-lo de modo mais abrangente e objetivo. Desta forma, conseguirão melhores níveis de rendimento que se refletirão no sucesso do negócio.

Quais as vantagens da análise em tempo real para a gestão de frotas?

Quais as vantagens da análise em tempo real para a gestão de frotas?

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

O setor dos transportes é imprevisível e otimizar a utilização dos recursos não é uma tarefa fácil. Cada vez mais os gestores procuram formas de melhorar o desempenho das frotas e de reduzir os custos operacionais. A primeira etapa para otimizar o desempenho de uma frota é obter uma visão integrada e global sobre o seu estado, recursos e disponibilidades. Analisar a frota em tempo real traz imensos benefícios e hoje apresentamos-lhe as principais vantagens da análise em tempo real para a gestão das frotas!

Melhor serviço para o cliente

Ter a informação em tempo real disponível em qualquer lugar permite que a empresa possa fazer a gestão da frota de forma mais assertiva. Por exemplo, empresas que trabalham com entregas ao domicílio, ao receberem um pedido podem enviar o veículo que está mais perto da morada onde tem que fazer a entrega. O serviço torna-se mais rápido, o que é bom para o cliente, e a empresa economiza em combustível.

Otimização de processos

Com a utilização de um sistema de monitorização do negócio, a empresa consegue melhorar os seus processos. É possível estimar o tempo necessário para o cumprimento de determinada rota e assim definir tempos para a execução de diversas tarefas. E toda a informação é consultada no exato momento em que as situações acontecem.

Aumento da produtividade

Com a informação sobre todos os departamentos da empresa num só dashboard, os gestores conseguem analisar os dados de uma forma muito mais rápida e eficaz, identificando facilmente os pontos que necessitam de melhoria e agindo em tempo útil para evitar problemas de produtividade. Reduz-se em grande escala os tempos de consulta das diversas fontes de informação, o que vai melhorar o desempenho do gestor.

Menor probabilidade de errar

Tomar decisões com base em informação não-fidedigna é um dos erros mais cometidos no mundo dos negócios e um dos principais que leva ao fracasso. Um sistema de monitorização em tempo real alimenta constantemente o gestor em termos de informação, pelo que este vai ser conhecedor de todos os dados relevantes de que necessita para decidir de forma consciente. Com os sistemas BAM já não existirão problemas de decisões por falta de conhecimento.

Conhecimento do histórico organizacional

Um sistema de monitorização da frota em tempo real permite também eu o gestor avalie os resultados da frota ao longo do tempo e desse modo descobrir informações essenciais como desempenho dos motoristas consumo de combustível, gastos com horas extraordinárias, entre outros fatores relevantes.

Acompanhamento e cumprimento dos KPI’s

Uma empresa tem objetivos coletivos e individuais, mas muitas vezes os colaboradores acabam por se desfocar dos seus objetivos, o que tem um impacto negativo para a empresa. Um sistema de monitorização do negócio como o Multipeers4Fleets permite que cada colaborador tenha acesso aos seus KPI’s e que seja alertado sempre que o seu desempenho esteja fora dos padrões previamente estabelecidos.

Multipeers4Fleets permite medir e analisar continuamente todos os acontecimentos do negócio de gestão de frotas, de modo a que o utilizador possa tomar as melhores decisões para o futuro do negócio. Através de dashboards simples e intuitivos é possível analisar os gastos de cada viatura da frota, encontrar os fatores que contribuem para um aumento de combustível, definir alertas sempre que acontece algo de importante, entre muitas outras funcionalidades.

Tudo o que precisa de saber para construir um plano de negócios eficaz

Tudo o que precisa de saber para construir um plano de negócios eficaz

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Um plano de negócios é uma ferramenta de gestão muito importante pois funciona como um guia que vai direcionar toda a nossa atividade. O plano de negócios ajuda a definir os objetivos e as ações necessárias para concretizá-los, diminuindo os riscos e aumentando a probabilidade de tudo dar certo. Contudo, o plano de negócios é muito mais do que um conjunto de ideias: é um documento criado a partir da análise intensiva do mercado. No artigo de hoje, deixamos-lhe algumas dicas para construir um plano de negócios eficaz!

Escolha a metodologia adequada

Na Internet vai encontrar “receitas” prontas de planos de negócio, que lhe dizem que tem que analisar o mercado, definir missão e valores, entre outras coisas. No entanto, estas metodologias padronizadas não contemplam todos os aspetos que tem que abordar pois cada caso é um caso! Pode começar por usar metodologias que encontra na Web mas deve sempre adaptá-las de acordo com as necessidades reais do seu negócio.

Conheça bem o seu público-alvo

Este é um dos passos mais importantes do plano de negócios. É essencial conhecer as necessidades do seu público-alvo. Por muito bom que o seu produto seja, se o público não precisar dele não vai conseguir vencer no mercado. Estude os hábitos do seu target, nomeadamente estilo de vida, nível de ensino e as suas características. Por vezes, é neste ponto que os planos de negócio morrem pois se o empreendedor perceber que o seu target não precisa do seu produto, não vale a pena continuar a trabalhar nessa ideia. A chave do sucesso do produto reside na capacidade de oferecer ao público aquilo que ele precisa.

Aposte na diferença

Numa época em que existem tantos produtos e serviços não é muito fácil inovar e criar novas coisas. No entanto, não pode oferecer o que todas as empresas oferecem da mesma forma que elas, pois se assim for não irá conseguir destacar-se. É preciso ir mais além do óbvio para se destacar no mercado competitivo de hoje em dia. Esta parte do plano de negócios existe investigação e dedicação, de modo a conseguir encontrar um ponto de destaque no seu produto ou serviço.

Tenha sempre um plano B

O cenário que todos os empreendedores desejam é que o negócio seja um sucesso. Contudo, devem estar preparados para enfrentar dificuldades e para passar momentos de maior tensão. É essencial que o seu plano de negócios seja realista e que esteja de acordo com o cenário político e económico do momento. Deve prever planos favoráveis e desfavoráveis, pois desta forma vai estar mais bem preparado para enfrentar todas as dificuldades que surgirem no caminho.

Defina métricas de negócio

É essencial que meça constantemente o sucesso do seu empreendimento e nesta parte os KPI’s (ou métricas de negócios) têm um papel muito importante. Deve focar-se em métricas que indiquem o estado do seu negócio e estas devem basear-se em métricas de produtividade, qualidade, ti, marketing, entre outras.

Definir indicadores de negócio de modo consciente é fundamental para se conseguir analisar o negócio objetivamente. É essencial que os indicadores analisados mostrem aos gestores o caminho a seguir, de modo a corrigirem-se erros e a aplicarem-se novas estratégias. O Multipeers propõe-lhe um conjunto de 50 KPIs essenciais para uma gestão 360º do seu negócio. Faça download do nosso e-book!

Ferramentas de tomada de decisão que vão ajudar a sua empresa a crescer

Ferramentas de tomada de decisão que vão ajudar a sua empresa a crescer

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Um gestor tem que tomar decisões constantemente e nem sempre é fácil tomar as decisões corretas para o crescimento de um negócio. Hoje em dia, existe cada vez mais informação nas empresas e os dados gerados diariamente são uma mais-valia para a tomada de decisão, mas é preciso que os gestores se acompanhem das ferramentas corretas para conseguirem extrair o valor real desses dados. No artigo de hoje, apresentamos ferramentas de tomada de decisão que vão ajudar a sua empresa a crescer!

Multipeers

O dia-a-dia de um gestor é bastante atarefado e é humanamente impossível conseguir acompanhar todas as situações que acontecem no negócio. Vivemos numa era em que somos “bombardeados” por dados vindos de todas as direções! É muito importante ter um sistema de monitorização do negócio em tempo real pois permite definir alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação importante requer intervenção imediata. O Multipeers é um sistema BAM que permite que defina alertas de negócio que o avisam sempre que uma situação requer a sua atenção. Deste modo, vai estar sempre a par dos eventos do seu negócio e vai poder decidir em tempo útil. Muitas das decisões são tomadas com base em relatórios com alguns dias de atraso, o que faz com que a empresa tenha uma ação reativa e não proativa. Com o Multipeers vai conseguir estar sempre à frente da concorrência, uma vez que consegue ter um só dashboard todas as informações geradas pela sua empresa!

Armazenamento na Cloud

mobilidade é uma tendência em crescimento e em muitos setores é já uma realidade diária. Os colaboradores e os gestores devem ter acesso às informações mais importantes sobre o negócio pois só assim conseguirão tomar decisões eficazes e no momento certo. A cloud computing veio facilitar a mobilidade laboral, ao permitir que documentos importantes do negócio sejam consultados em qualquer lugar e para que exista uma tomada de decisão efetiva. Assim, não é preciso estar no escritório para editar um documento ou responder a um e-mail importante.

Skype

O Skype é uma ferramenta gratuita que permite que mesmo as pessoas que estão longe participem na reunião. A distância já não é um entrave para que as pessoas não possam estar presentes nas decisões da empresa e, sendo uma reunião virtual, existe menos tendência para se perder tempo com questões irrelevantes para o tema da reunião. É necessário que as pessoas envolvidas no processo de decisão estejam em permanente contacto, para que todas possam colaborar com as suas opiniões!

E-mail na Cloud

Mudar o sistema de e-mail corporativo para uma solução baseada na Cloud é bastante importante para aumentar a mobilidade empresarial. Estas soluções facilitam a comunicação entre os diversos departamentos da empresa, pois as informações tornam-se acessíveis até mesmo ao utilizar tablets e smartphones. Utilizar o e-mail em dispositivos móveis permite uma resposta mais rápida e eficaz, o que contribui para uma maior eficiência de gestão.

A importância das ferramentas BAM para a tomada de decisões

A importância das ferramentas BAM para a tomada de decisões

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Tomar decisões para o futuro do negócio é uma tarefa complicada para os gestores. Muitas vezes, estes não dispõem de toda a informação necessária para analisar as situações de forma objetiva, o que complica em larga medida uma correta tomada de decisões. No dia-a-dia preenchido em que vivem constantemente, a falta de tempo para avaliar as operações da empresa é um dos principais inimigos da tomada de decisões. A grande quantidade de informação que existe atualmente é também uma preocupação para as empresas, que cada vez mais têm dificuldade em conseguir lidar com esta informação e em conseguir geri-la de modo a que as melhores decisões sejam tomadas. As ferramentas BAM são utilizadas para aumentar a eficácia do negócio e para que se obtenham todos os dados para tomar as decisões mais acertadas. Vamos falar sobre importância das ferramentas BAM para a tomada de decisões!

A informação é em entregue em tempo real

A vida dos negócios acontece agora, a cada momento, e é essencial que saiba o que se está a passar com a sua empresa. As decisões baseadas em relatórios com alguns dias são sempre reativas e corre o risco de ser ultrapassado por uma concorrência que seja mais rápida a agir. Saber tudo o que se passa em tempo real com o seu negócio é essencial para que possa tomar decisões em tempo útil e para ter uma postura proativa no mercado.

Consulta rápida e intuitiva

A informação disponibilizada pelas ferramentas BAM surge de um modo consolidado para que a sua consulta seja mais fácil e rápida. Pode optar por obter a informação através de gráficos de barras, gráficos multi-série, medidores, entre muitas outras opções. A informação pode ser exibida usando a apresentação mais adequada, melhorando a análise que o utilizador pode fazer de cada indicador. Além disso, cada indicador é totalmente personalizável de acordo com necessidades do negócio. Ao utilizar o desktop, no caso do Multipeers, pode ainda usar a ferramenta ticker, que lhe permite que divulgue notícias externas ou internas, mensagens e alertas, permitindo assim que todos os colaboradores estejam sempre a par do que de importante se passa na organização, o que faz com que todos estejam aptos para contribuir para uma tomada de decisão eficaz.

Perceção imediata dos problemas

A informação em tempo real disponibilizada pelas ferramentas BAM informa-nos no momento sobre o estado das coisas, o que nos permite saber em tempo útil o que está a correr mal, para que possamos resolver as situações. Com este novo modelo de gestão, não é necessário recorrermos a relatórios antigos para descobrir o motivo de algo ter corrido mal, pois somos alertados no imediato.

Sem necessidade de cliques

As ferramentas BAM atualizam de forma permanente e automática, pelo que não existe necessidade de intervenção por parte do utilizador. Em vez de ser o utilizador a procurar a informação, é a informação que, de forma autónoma, encontra o utilizador. A monitorização do negócio é um processo simples e intuitivo.

 

 

A importância da visão 360 para a sua empresa

A importância da visão 360 para a sua empresa

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Um bom gestor deve saber tudo aquilo que se passa no seu negócio. Ter um conhecimento global de cada uma das áreas de atuação de uma empresa é essencial para que se possam tomar as melhores decisões para o futuro dos negócios. No dia-a-dia agitado que os profissionais de gestão levam, nem sempre é fácil estar a par de todas as atividades empresariais, mas essa falta de conhecimento pode ser fatal para a empresa. Ter uma visão 360 é imprescindível para conhecer todos os colaboradores com os quais trabalha e todas as atividades que são levadas a cabo na empresa. No artigo de hoje, abordamos a importância da visão 360 para a sua empresa!

Melhor conhecimento dos Recursos Humanos

Quando existe um grande conhecimento sobre todos os colaboradores da empresa, torna-se mais fácil manter os colaboradores motivados e reter os melhores talentos na empresa. É essencial que os gestores conheçam bem as necessidades e motivações dos seus colaboradores, pois só assim serão capazes de lhes oferecer as condições necessárias para que se sintam bem no seu local de trabalho.

Análise em tempo real

A vida dos negócios acontece agora, a cada momento, e é essencial que saiba o que se está a passar com a sua empresa. As decisões baseadas em relatórios com alguns dias são sempre reativas e corre o risco de ser ultrapassado por uma concorrência mais rápida a agir. Saber tudo o que se passa em tempo real com o seu negócio é essencial para que consiga tomar decisões em tempo útil e para ter uma postura proativa no mercado.

Tomada de decisões facilitada

Quando existe um conhecimento efetivo sobre tudo aquilo que se passa no negócio, torna-se muito mais fácil tomar as decisões certas para a empresa. Só com um conhecimento global do estado da empresa é que os gestores são capazes de decidir de forma consciente para que a empresa possa crescer de uma forma sustentada.

Melhoria contínua

Uma visão 360 permite a busca por melhorias constantes. Analisar de forma constante tudo o que se passa na empresa permite que se encontrem erros mais facilmente e que se apliquem melhorias nos processos empresariais e essas melhorias refletir-se-ão nos resultados gerais da empresa.

Dica extra:

As ferramentas BAM como o Multipeers tornam as tomadas de decisão mais efetivas pois evitam a ocorrência de erros uma vez que eliminam a necessidade de coletar dados de inúmeras plataformas. Como têm uma interface simples e interativa, toda a informação é apresentada de forma prática e interativa, fornecendo toda a informação num só local, dotando o gestor de todos os dados de que necessita para tomar as decisões mais acertadas.

As melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz

As melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Todos os gestores enfrentam diariamente o desafio de tomar decisões. Num mercado tão agitado e em que a informação flui a um ritmo muito acelerado, nem sempre é fácil ter a informação certa no momento certo, o que complica o processo da tomada de decisão. É fundamental que os gestores se dotem das ferramentas adequadas para que consigam tomar decisões objetivas e assertivas. No artigo de hoje, falamos sobre as melhores ferramentas para uma tomada de decisão eficaz!

Soluções de armazenamento na Cloud

mobilidade é uma tendência em crescimento e em muitos setores é já uma realidade de todos os dias. Os colaboradores e os gestores devem ter um fácil acesso às informações mais importantes sobre o negócio, pois só assim conseguirão tomar decisões eficazes e no momento certo. A cloud computing veio facilitar a mobilidade laboral, ao permitir que documentos importantes do negócio sejam consultados e editados em qualquer lugar. Isto vai contribuir para uma tomada de decisão efetiva.

Ferramenta de informação em tempo real

O dia-a-dia de um gestor é bastante atarefado e é humanamente impossível conseguir acompanhar todas as situações que acontecem no negócio. É muito importante ter um sistema de monitorização do negócio em tempo real que permita definir alertas de negócio para que seja avisado sempre que alguma situação importante requer intervenção imediata. O Multipeers é um sistema BAM que permite que defina alertas de negócio que o avisam sempre que uma situação requer a sua atenção. Deste modo, vai estar sempre a par dos eventos do seu negócio e vai poder decidir em tempo útil. Muitas das decisões são tomadas com base em relatórios com alguns dias de atraso, o que faz com que a empresa tenha uma ação reativa e não proativa. Com o Multipeers vai conseguir estar sempre à frente da concorrência.

KPI’s

Os KPI’s relacionam-se com o ponto anterior. Um KPI – indicador de performance – é um valor que demonstra se a empresa está a atingir os seus principais objetivos. A empresa pode e deve ter KPI’s bem definidos. Do mesmo modo, cada departamento e colaborador deve conhecer os seus KPI’s de modo a que possa trabalhar no sentido de atingir os seus objetivos e ajudar a empresa a crescer. “Se não sabemos para onde vamos qualquer caminho serve”: deste modo, é indispensável que cada colaborador conheça o seu papel na empresa para que possa orientar o seu trabalho diário no sentido de atingir todos os seus objetivos. Com o Multipeers, é possível acompanhar os KPI’s em tempo real.

Ciclo PDCA

PDCA é a siga para planear, fazer, verificar e agir. É uma técnica de gestão ligada à melhoria dos processos de uma empresa. O seu objetivo é solucionar problemas, apontando as causas para potenciais desvios e falhas produtivas. Este processo torna a organização da empresa mais eficiente a longo prazo e é essencial que se aplique desde o momento de criação de um negócio, para que a melhoria possa ser contínua. Com base nesta ferramenta, é possível tomar decisões mais eficazes pois existe um maior conhecimento sobre a empresa.

7 Lições de Steve Jobs para gerir melhor o seu negócio

7 Lições de Steve Jobs para gerir melhor o seu negócio

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

O nome de Steve Jobs não deixa ninguém indiferente. Além das incríveis tecnologias que desenvolveu ao longo da sua vida, Steve Jobs também deixou uma história que inspira ainda muito empreendedores e gestores. A sua forma única de enfrentar os desafios e de gerir pessoas é uma inspiração para muitos profissionais. No artigo de hoje, destacamos as 7 principais lições de Steve Jobs para gerir melhor o seu negócio!

Aceite que não pode fazer tudo sozinho

Muitos gestores pensam que conseguem fazer tudo sozinhos e isso é um grande erro, pois pode até comprometer toda a atuação da empresa. Ouvir a opinião das equipas de trabalho é essencial para conhecer outros pontos de vista e outras formas de resolver o mesmo problema. Steve Jobs não criou o iPhone sozinho e dava imenso valor à opinião daqueles que o rodeavam.

Mantenha o foco mesmo no meio do caos

Todos os gestores precisam de foco para orientar o seu trabalho. Quando Steve Jobs chegou à Apple, encontrou um cenário caótico, onde várias versões do Macintosh estavam a ser produzidas em simultâneo. Foi necessário orientar a equipa de trabalho, mantendo o foco em dois produtos: um computador portátil e uma versão Desktop. O resultado final foram dois produtos bem conseguidos e que respondiam às necessidades reais dos clientes.

Faça aquilo de que realmente gosta

Atualmente, não é fácil trabalharmos apenas naquilo que gostamos, mas ter paixão pelo nosso trabalho vai fazer toda a diferença nos resultados finais. Jobs gostava muito da área em que trabalhava e por isso empenhava-se mais do que a maioria das pessoas. Só com verdadeira paixão pelo nosso trabalho é que conseguiremos ser felizes todos os dias!

Simplifique os processos

“A simplicidade é a sofisticação definitiva”: este era o lema de marketing da Apple. Steve Jobs desejou que todas as ações do iPhone se concretizassem em 3 cliques apenas. É fundamental que as empresas ofereçam soluções práticas e simples aos seus clientes, pois o consumidor de hoje é muito exigente e gosta de soluções prontas a usar e fáceis de manusear.

Aprenda com os erros

Até os melhores profissionais erram e Steve Jobs não foi exceção. Muitos gestores ficam frustrados quando erram e não conseguem triar partido das lições que todos os erros têm para nos oferecer. Depois de uma queda, é preciso ter força suficiente para se erguer e isso consegue-se através de uma análise objetiva e realista sobre o que correu mal.

Não se acomode

Muitas empresas acomodam-se quando atingem o patamar de sucesso desejado. É um erro pensar que podem acomodar-se e que já não precisam de se esforçar mais para agradar os clientes. A inovação e a procura de melhorias deve ser uma constante na ação das empresas, pois só assim conseguirão ter negócios dinâmicos e rentáveis.

Procure a perfeição em tudo o que faz

Não basta entregar o que é aceitável: é preciso ir mais além e procurar fazer sempre o melhor possível. A perfeição é um conceito subjetivo, mas se cada colaborador e gestor de uma empresa fizer o seu máximo em todas as tarefas, o resultado final será excecional e será muito difícil que a concorrência consiga fazer melhor!

 

5 Estratégias infalíveis para fidelizar clientes

5 Estratégias infalíveis para fidelizar clientes

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Não há dúvidas de que os clientes são o público mais importante de qualquer negócio. Toda a atuação das empresas é pensada para agradar o cliente e cada vez mais os gestores encontram dificuldades em agradar o consumidor atual, que é muito mais informado e exigente do que antes. Assim, mais importante do que conquistar novos clientes é garantir que os atuais estão satisfeitos, de modo a que consigamos fideliza-los à nossa marca e aos nossos produtos e/ou serviços. Numa época em que o consumidor vive online, é preciso desenvolver táticas que vão de encontro às necessidades reais dos nossos clientes atuais. No artigo de hoje, apresentamos 5 estratégias infalíveis para fidelizar clientes!

Ouça atentamente o cliente

Os clientes gostam de falar e de sentir que as empresas estão atentas às suas necessidades e desejos. Muitos vendedores caem no erro de falar demasiado, pois pretendem mostrar, em pouco tempo, todos os benefícios do produto ou serviço que têm para oferecer. Contudo, os consumidores atuais procuram soluções rápidas pois vivemos numa sociedade que está constantemente com pressa e se falar demasiado, os seus clientes irão ficar entediados, sobretudo se ouvirem um discurso estandardizado. Assim, é muito importante que ouça primeiro tudo o que o cliente tem para lhe dizer, para depois poder apresentar as soluções possíveis de uma forma prática e bastante objetiva.

Acompanhe os resultados das suas ações

Não basta lançar ações de marketing e campanhas e não monitorizar os seus resultados. É muito importante que defina indicadores e analise todos os resultados das suas ações. Só deste modo é que será capaz de promover uma melhoria contínua, que certamente terá efeito também no número de clientes angariados. O mercado atual é muito dinâmico e deve garantir que o seu produto ou serviço não fica estático. O Multipeers ajuda-o a acompanhar em tempo real todas as ações de marketing lançadas, através de um dashboard simples e muito intuitivo. Assim, com recurso a esta ferramenta, conseguirá agir em tempo útil caso alguma das suas campanhas não esteja a produzir os efeitos pretendidos.

Use uma boa estratégia de conteúdo

O marketing digital está cada vez mais presente nas estratégias das empresas e muitas marcas utilizam uma estratégia de conteúdo, em que escrevem artigos e estudos de caso sobre a sua área de atuação. Isso vai fazer com que os atuais clientes olhem para a empresa como uma entidade de referência e isso vai aumentar a confiança e a probabilidade de continuarem fiéis à marca e de a recomendarem a outras pessoas.

Ofereça promoções exclusivas para clientes atuais

A maior parte das empresas utiliza uma estratégia de captação de novos clientes em que oferece preços mais acessíveis aos clientes novos e cobra valores mais elevados aos clientes atuais. Essa estratégia é muito utilizada pelas empresas de serviços de televisão, por exemplo. Ainda que seja aceitável que se pretenda conquistar novos clientes através do preço, não podemos deixar de pensar que os clientes atuais vão sentir-se mal por não terem também algum tipo de desconto. Assim, uma das melhores formas de fidelizar os clientes atuais é oferecendo-lhes algo por serem nossos clientes. Pode ser um desconto na próxima compra, por exemplo. O importante é que o cliente se sinta especial por já ser nosso cliente! E isto também vai ser importante para os potenciais clientes, que vão entender que a empresa valoriza os clientes que já tem e vai ser mais fácil conseguir fidelizar esses clientes no futuro!

Continue presente depois da venda

A venda não se extingue no momento em que é concretizada. Este momento apenas marca o início da relação com o cliente. Assim, é necessário continuar a criar processos para conhecer melhor o cliente. Saiba qual é a data de nascimento do cliente e faça uma ação de marketing direcionada no dia do seu aniversário. O serviço pós-venda é um dos fatores mais importantes fidelizar o cliente, por isso, não descuide esta área!

10 KPI'S de marketing para todas as empresas

10 KPI’S de marketing para todas as empresas

Posted Leave a commentPosted in Internet e Marketing

Ter KPI’s definidos é essencial para o bom desempenho de uma empresa. Os KPI’s são os indicadores-chave de desempenho que nos indicam em que estado o negócio se encontra e quão longe (ou perto) estamos de cumprir os objetivos estabelecidos. Com base nos indicadores e no desempenho da empresa, os gestores podem tomar decisões mais assertivas e mais informadas. As ferramentas BAM como o Multipeers permitem acompanhar os KPI’s de forma contínua e em tempo real. Analisar o desempenho de forma constante garante que se dedique uma maior atenção ao cumprimento dos objetivos, aumentando efetivamente o grau de atingimento dos mesmos. A área do marketing é uma das que mais beneficia com o uso de ferramentas de monitorização de KPI’s. No artigo de hoje, vamos abordar 10 KPI’s de marketing para todas as empresas!

Taxa de crescimento anual

A taxa de crescimento anual calcula-se através da comparação de dados entre dois anos consecutivos. Com esta taxa, torna-se mais fácil perceber o desempenho anual das campanhas e retirar os valores que os efeitos da sazonalidade possam causar. Esta taxa de crescimento anual também permite perceber tendências.

Taxa de retenção de clientes

Para obter a taxa de retenção de clientes basta somar o total de clientes e subtrair o número de clientes que se perdeu num determinado período de tempo. Depois é só dividir o resultado pelo total de clientes. Quanto maior for a retenção, menor é a necessidade de adquirir novos clientes e maior será a probabilidade de gerar novas vendas para a mesma carteira de negócios.

Taxa de abertura de e-mail marketing

O e-mail marketing é um dos meios que as empresas mais utilizam para comunicar com os seus clientes atuais e potenciais. Esta taxa mede a percentagem de pessoas que abriu um e-mail enviado. Se a taxa for muito reduzida, está na hora da empresa pensar em alterar a sua estratégia, modificando os seus títulos e usando call to actions, por exemplo.

Número de propostas apresentadas

O número de propostas apresentadas é importante para percebermos quantos potenciais clientes manifestaram realmente interesse em comprar algo na nossa empresa. O número de propostas apresentadas tem que ter sempre como base o número total de contactos feitos.

Origem do tráfego

Indicador que revela a origem de uma visita ao website. É um indicador importante para percebermos que estratégias de social media estão a funcionar melhor, se a newsletter está a gerar visitas ou se as campanhas pagas estão a trazer retorno. Saber em que plataformas estão os nossos clientes e potenciais clientes é um importante guia para toda a nossa ação.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição mostra-nos a percentagem de visitantes que estiveram apenas numa página do seu site. Quanto maior for esta taxa, pior será o seu desempenho, pois significa que houve muitos visitantes a desistir rapidamente de navegar pelo seu site. Isto pode significar que o seu site está pouco apelativo ou que tem informação pouco relevante. Sempre que este valor for muito alto, deve investir tempo em melhorar o website. Caso contrário poderá perder muitas oportunidades de negócio.

Custo por lead

Este valor mostra-nos quanto custa à empresa adquirir uma lead. Obtemos este valor após dividir a quantidade de dinheiro investida no marketing pelo número de leads gerados. Estudos referem que o custo por lead gerado através do marketing digital é cerca de 61% mais baixo do que as leads geradas pelo marketing tradicional. Saber quanto nos custa gerar uma lead é essencial para que possamos redistribuir os investimentos e melhorar os resultados.

Visitas geradas pelas redes sociais

Se a sua empresa aposta na comunicação através das redes sociais, deve medir sempre o impacto que isso tem para o seu website e para o seu negócio. Não adianta colocar bom material nos perfis da empresa se depois isso não se traduz em visitas e em vendas. Semanalmente, deve medir quantas visitas teve a partir de cada rede social e deve investir mais naquelas que mais visitas geram. Se uma rede social não gera continuamente qualquer visita, deve ponderar se vale a pena continuar a investir nessa rede.

ROI

ROI significa return on investment e mede o resultado final de um investimento: relaciona todas as despesas envolvidas numa ação com os lucros obtidos graças a essa mesma ação. A fórmula para o cálculo do ROI é a seguinte: ROI = Lucro Líquido (Lucro total gerado pelo Investimento – Custo do total Investimento) / Custo do Investimento. Se o ROI for superior a zero, significa que o investimento foi positivo para a empresa. Se tiver valores negativos, houve prejuízo. É um dos indicadores mais importantes na área de marketing pois deve haver sempre uma avaliação de todas as ações efetuadas.

Taxa de conversão

Ter muitas visitas no website é muito importante e significa que o mesmo está com um bom desempenho e aparece nos motores de busca. Contudo, não basta que o visitante navegue pelo site e saia sem deixar um contacto ou sem comprar alguma coisa. A taxa de conversão relaciona o número de visitantes ao website com o número de visitantes que efetivam uma compra. É um indicador muito importante pois permite-nos perceber se o nosso site está realmente apelativo e se incentiva de modo claro à compra.