O que muda nas empresas com a inteligência artificial?

O que muda nas empresas com a inteligência artificial?

Posted Leave a commentPosted in Tecnologia e Gestão

Estamos numa nova era: vivemos atualmente na idade da inteligência artificial e não há como fugir disso. Brian Krzanich, CEO da Intel, garante mesmo que todas as empresas serão afetadas por esta nova tecnologia. A verdade é que tendo em conta a evolução tecnológica a que assistimos, se as empresas não se adaptarem à realidade atual, facilmente serão substituídas pela sua concorrência. Mas afinal, o que muda nas empresas com a inteligência artificial?

Antes de mais, o que é inteligência artificial?

A inteligência artificial é a capacidade que as máquinas têm para pensarem como seres humanos. Define a sua capacidade de aprender, raciocionar e decidir de forma autónoma e inteligente. Ao contrário do que se pensa, este não é um conceito recente. Surgiu pela primeira vez em 1956 por John McCarthy, um professor universitário que usou o termo para descrever um mundo longínquo em que as máquinas seriam capazes de resolver todos os problemas que até então eram resolvidos exclusivamente pelos seres humanos.

O que muda nas empresas?

Melhor utilização dos dados

A inteligência artificial ajuda a compilar dados e a analisar experiências diárias, de modo a encontrar padrões e formas de melhoria. Os sistemas de inteligência artificial de análise de dados calculam de forma autónoma a informação de modo a gerar insights imprescindíveis para uma correta tomada de decisão. Com a experiência, as máquinas serão capazes de aprender a fazer previsões de comportamento quer dos colaboradores, quer dos clientes.

Chatbots serão o futuro

Os chatbots são as estrelas da inteligência artificial. Estão ligados à base de dados da empresa e utilizam linguagem comum para falar com os clientes. São capazes de reconhecer nomes e números de telefone para prever o comportamento dos clientes. São sistemas muito inteligentes na medida em que armazenam a informação essencial para poderem encaminhar os clientes para as áreas que eles precisam de consultar. A Ryanair, por exemplo, utiliza já este sistema para falar com os clientes.

Gestão mais eficaz

A inteligência artificial ajuda as empresas a interligarem todas as suas informações, o que tem um peso importantíssimo nas decisões de gestão. Uma empresa que analise a sua informação em tempo real e que tenha num só local todas as informações de negócio importantes será capaz de tomar decisões mais assertivas e acertadas, o que potencia o sucesso do negócio. O Multipeers é, por isso, uma ferramenta cada vez mais necessária nas empresas atuais.

Eliminação das tarefas mais burocráticas

A inteligência artificial ajuda a que os colaboradores deixem de perder tempo com tarefas demasiado burocráticas e administrativas. Através de regras, é possível que robots desempenhem a função de assistentes pessoais, dando informações sobre as tarefas do dia-a-dia, reuniões agendas e tempos de viagem.

7 Dicas para tomar melhores decisões para o seu negócio

7 Dicas para tomar melhores decisões para o seu negócio

Posted Leave a commentPosted in Dicas de Gestão

Conheça as melhores dicas para tomar as melhores decisões

Gerir uma empresa é fazer escolhas diariamente e saber lidar com as consequências dessas escolhas. No mundo agitado dos negócios, não é fácil saber qual o melhor caminho a seguir, mas existem vários truques que nos ajudam a tomar as melhores decisões. De seguida, apresentamos 7 dicas para que tome as decisões mais acertadas para o seu negócio!

Tenha um pensamento analítico

Tomar decisões envolve um conhecimento profundo do contexto e das implicações que essa decisão vai ter para o negócio. Todos os cenários devem ser analisados tendo em conta as diversas variáveis envolvidas no processo. Dentro deste pensamento analítico, deve colocar em discussão os erros anteriormente cometidos em situações semelhantes. Os erros do passado são bons professores para as decisões do presente.

Analise os dados corretamente

Os dados são dos ativos mais importantes do seu negócio e têm informação muito importante para uma tomada de decisão consciente. Os softwares como o Multipeers, que permitem analisar o negócio em tempo real, são essenciais no mundo dos negócios atual pois as mudanças acontecem a uma grande velocidade e os gestores precisam de estar sempre a par do que está a acontecer para que possam tomar decisões em tempo útil.

Aceite que não há só uma resposta certa

A escolha que hoje parece ser a ideal, amanhã poderá não ser a mais adequada. Na hora de decidir nos negócios não existe apenas uma resposta certa e as decisões têm que ser tomadas tendo sempre em conta o contexto atual do negócio. O gestor deve colocar todas as respostas possíveis em cima da mesa e analisar os prós e os contras, tendo em consideração que poderá existir mais do que uma resposta certa para a mesma situação.

Considere o longo prazo

A maior parte dos gestores privilegia as decisões que parecem trazer um maior retorno no curto prazo, acabando por se esquecerem do longo prazo. Tomar decisões que só visem o curto prazo faz com que no futuro o negócio possa ficar comprometido. Todas as decisões devem ser tomadas após a análise do impacto que vão ter no curto e longo prazo.

Ouça a opinião dos outros

Os colaboradores da empresa devem ser envolvidos nas decisões mais importantes. Ouvir a opinião deles é importante pois vai aumentar o sentimento de pertença da parte deles. Além disso, são eles que vivem diariamente o negócio e certamente terão uma visão diferente sobre certos aspetos do negócio, pelo que a opinião deles é essencial para uma tomada de decisão mais eficaz.

Seja racional

É fundamental não se deixar guiar pelas emoções na hora de tomar uma decisão. É impossível não se envolver emocionalmente com o seu negócio, mas na hora de decidir deve colocar a emoção de lado e agir racionalmente pois caso contrário poderá comprometer o futuro do negócio.

Não adie o inadiável

Temos tendência a adiar decisões difíceis mesmo sabendo que mais cedo ou mais tarde teremos que agir. Se já sabe qual a decisão que vai tomar e as consequências que isso vai ter para o seu negócio, não vale a pena adiar mais. O negócio precisa de dinamismo e é através das decisões que ele evolui!